Tchau, Michael Crichton


Mais uma pro obituário.
Faleceu Michael Crichton, de câncer, uma espécie de Shakespeare contemporâneo (claro que pela difusão da obra, não pela qualidade), teve mais de 15 livros adaptados ao cinema, entre eles Jurassic Park, Linha do Tempo, Esfera, Assédio Sexual, entre outros e a série de TV “E.R.” também. Alguns bons filmes outros nem tanto. Mas para um escritor ter uma receita de 20 milhões de dólares por ano, tem que tirar o chapéu.
Saudades da empolgante sensação que tive no cinema ao ver dinossauros criarem vida e atacarem humanos.
Foi um dos responsávei por eu nunca deixar de curtir cinema pipoca.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: